6 TIPOS DE ORGASMOS FEMININOS E COMO CHEGAR LÁ

Conheça e experimente as formas de conquistar o grande prazer!

0 3

1.Clitoriano

É fato: ele o clitóris o “botão mágico” do nosso corpo. Quando as mãos são usadas, movimentos circulares e para a frente e para trás fazem maravilhas.
Como chegar lá:
Uma técnica muito eficiente é a “borboleta de Vênus”: enquanto uma das mãos acaricia o bumbum e o ânus (mas sem penetração), o anular e o médio da outra mão estimulam o clitóris para cima e para baixo – a ideia é que o movimento seja rápido e suave como o bater das asas de uma borboleta.
Outra técnica de sucesso: o homem separa os lábios vaginais e massageia o clitóris com um ou dois dedos, em movimentos circulares ou laterais. Embora mãos competentes sejam uma glória, dificilmente superam a língua em destreza. O que se espera que um bom amante faça com a boca lá embaixo? Use toda a língua, não apenas a ponta, pois cada parte proporciona uma sensação diferente ao toque. Uma das técnicas mais enlouquecedoras é “escrever” todo o alfabeto com a língua.
E mais: dar leves batidas com a ponta (mas sem exagerar). E há uma terceira, que chamaremos de SNRD (sente-se no rosto dele) – o nome dispensa explicações, não é? Estimular o clitóris com vibradores é mais uma variação bem-vinda. Melhor ainda se forem dois ou mais ao mesmo tempo, com texturas diferentes. Pedir ao seu amor que os use em você é instrutivo para ele e um bocado excitante para os dois.

2.Vaginal

Para algumas mulheres, um pênis grosso é a melhor opção para chegar a um maravilhoso orgasmo vaginal. Já para as que têm maior sensibilidade na parte mais profunda do colo do útero, um comprido satisfaz à beça. Qual é o seu caso? Em pé, de lado, sentados, de joelhos, por trás… são posições que também levam a esse tipo de orgasmo – mas saiba já: ele nunca será o mais comum, nem o mais fácil, nem o mais intenso.
Como chegar lá:
Algumas posições favorecem o prazer vaginal. As mais recomendadas são a mulher por cima – que, como você já deve saber, tem a vantagem extra de deixar seu amado doido de tesão porque, animal visual que é, fica fascinado com a imagem de seus seios tão perto do rosto e da boca e com sua expressão de prazer. O homem por cima também é favorável porque a penetração profunda e a força que o corpo dele exerce desencadeiam sensações prazerosas em toda a vagina.

3.Anal

Na lista de possíveis fontes de prazer não pode faltar o ânus, com suas terminações nervosas altamente excitáveis.
Como chegar lá:
Ele pode ser estimulado com os dedos, a boca, o pênis ou brinquedos eróticos como vibradores e bolinhas. Apenas, antes de se aventurar, tome o cuidado de usar um bom lubrificante para dilatar o esfíncter. Vale tentar.

4.Ativando o ponto G e a zona AFE

Para dar um descanso ao clitóris, procure o orgasmo estimulando o ponto G – aquela parte da vagina do tamanho de uma moedinha situada acima do osso púbico. Ou a zona AFE (sigla do inglês anterior fornix erotic, traduzindo, entrada erótica anterior), que fica na mesma parede vaginal, só que perto do colo do útero.
Como chegar lá:
Enquanto o G é um ponto bem preciso, a AFE é uma zona esponjosa maior e menos definida. Tem, porém, a vantagem de responder a estímulos suaves; o G só reage a contatos firmes. São fatos importantes para seu amado saber, antes de explorar com os dedos essas fontes de prazer. Para chegar ao orgasmo dessa forma, a posição ideal é a penetração num ângulo de 90 graus, com o gato de pé ou ajoelhado.

5.Com o ponto U

A uretra – por onde sai a urina – é um ponto de prazer para muitas mulheres – o que não é de surpreender, já que fica entre o clitóris e a entrada da vagina, área supersensível.
Como chegar lá:
Pressioná-la ou massageá-la com os dedos ou a língua, abusando de movimentos circulares ou de cima para baixo, pode levar você a um clímax delícioso!

6.Explorando dos seus seios

O respeitado sexólogo Herbert Otto garante que o estímulo dos seios é a segunda forma mais comum de uma mulher chegar ao clímax. Exagero? Pode ser. Mas não resta dúvida de que uma sessão de estímulos com a língua, os lábios e os dentes é de enlouquecer. E ao que parece esse tipo de orgasmo é mais frequente do que se imagina: numa pesquisa com 500 mulheres, 29% garantiram já ter experimentado.

Fonte: Sexy Fantasy

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade