Vibrador – conheça a história por trás

Saiba mais sobre o paraíso na terra para as mulheres, o vibrador: conheça a história por trás desse sex toy.  A Gall Moda Íntima e Sex Shop trouxe os detalhes para você de como surgiu esse aparelho.

Importante ressaltar que os vibradores além de serem indicados para o autoconhecimento feminino eles servem também para os homens, para estimular os testículos ou o ânus e para o aumento do prazer do casal. Isso porque várias práticas sexuais podem ser potencializadas com o vibrador. 

Então confira como surgiu esse sex toy tão prazeroso! 

 

O Vibrador No Egito Antigo

 

A autora Brenda Love, em sua obra “Enciclopédia de Práticas Sexuais Incomuns”, afirma que o primeiro vibrador artesanal foi criado pela Cleópatra. Segundo Brenda, ainda no Egito Antigo, a Cleópatra enchia uma abóbora vazia com abelhas.

Dessa forma, a abóbora conseguia reproduzir algumas vibrações para provocar prazer nos genitais. Porém, a historiadora Helen King diz que não há nenhuma evidência histórica que comprove isso.

Já na Grécia Antiga, Platão sugeria que o útero era um animal dentro de outro animal e que de tempos em tempos ele deveria ser acalmado. Então, essa teoria de que a mulher deveria ser estimulada para ser acalmada perdurou por muito tempo e foi o principal motivo para a criação do vibrador.

 

Como O Vibrador Foi Criado?

 

Em uma época em que o prazer feminino não era levado em conta, e o desejo sexual era tratado como doença. Dessa forma, sintomas como irritabilidade, choro, ansiedade, falta de apetite ou compulsão alimentar em mulheres eram diagnosticados como histeria. 

Logo, para tratar essa histeria, os médicos massageavam a região íntima feminina até elas terem um orgasmo. Sim, segundo alguns historiadores, os médicos masturbavam as mulheres. Esses doutores acreditavam também que esses sintomas poderiam ser resultado de um deslocamento do útero.

Então, para dar alívio a essas pacientes e poupar as mãos dos médicos, o vibrador foi inventado. É engraçado pensar que os médicos masturbavam as mulheres enquanto seus maridos esperavam do lado de fora da sala. O filme Histeria retrata bem esse momento da história.

Porém, a historiadora Helen King diz que o procedimento de masturbar as mulheres não era tão comum. Ela afirma inclusive que, em uma sociedade machista, o vibrador na verdade foi inventado para ajudar os homens a circular o sangue, em casos de dor de cabeça, por exemplo.

De qualquer forma, o vibrador foi inventado, mas era usado muito eufemismo e a dor de cabeça poderia ser só um deles. Isso porque não era socialmente aceito discutir a sexualidade feminina. 

 

Quando O Primeiro Vibrador Foi Criado?

 

O médico americano George Taylor criou e patenteou o primeiro vibrador em 1869. Ele era chamado de “the manipulator” e era movido a vapor! Esse “vibrador” era muito parecido com o que hoje a gente conhece por máquina de sexo. 

No filme Histeria tem uma passagem em que uma das personagens exalta essa criação dizendo para esse médico: “Você inventou uma máquina que não faz mal a ninguém e faz se sentir melhor quem entra em contato com ela.” Pura verdade!

Mais tarde, em 1880, o médico inglês Joseph Mortimer Granville inventou um modelo mais compacto de vibrador que funcionava por meio de uma manivela.  

Já em 1902, o vibrador se popularizou graças à empresa Hamilton Beach. Especializada em eletrodomésticos, essa empresa proporcionou a fabricação do vibrador em grande escala. O aparelho era ligado à rede elétrica. Ele tinha só uma velocidade, mas já foi uma revolução no tratamento da “histeria”.

Naquela época eles evitavam anunciar o aparelho como um tratamento sexual e por isso ele não tinha um envolvimento erótico. Então os maridos podiam comprar esse aparelho para suas mulheres e para si próprios como foi dito, dispensando as idas ao consultório.

Essa normalidade durou até 1920, quando os vibradores começaram a ser vistos com uma conotação mais sexual e não somente para fins terapêuticos. Isso porque eles começaram a ser usados em filmes eróticos da época. 

Com a revolução feminina, em meados dos anos 60, eles começaram aos poucos a serem vistos de novo de maneira positiva por parte da sociedade. Dessa forma, os vibradores começaram a ser populares novamente aos poucos. Assim, eles começaram a bombar mesmo na década de 80.

Porém, até hoje há quem tenha um certo preconceito bobo com os vibradores. No entanto, sentir prazer é normal e inclusive traz muitos benefícios para a saúde. 

 

A Evolução Dos Vibradores

evolução dos vibradores

Hoje em dia existe uma infinidade de vibradores que podem estimular tanto o clitóris quanto o ponto G feminino, localizado no canal vaginal. Além disso, os homens podem fazer uso desse sex toy nos testículos e, para os mais ousados, no ânus.

Além disso, os vibradores podem aumentar o prazer sexual em uma relação também. Dessa forma, é possível estimular o clitóris enquanto há penetração, ou fazer uma dupla penetração com o pênis do parceiro e o vibrador. As possibilidades variam conforme o seu prazer e a sua criatividade!

Outra vantagem dos vibradores são os diversos modelos encontrados no mercado que podem proporcionar diversas sensações prazerosas. Confira os principais:

 

  1. Vibrador De Controle Por App 

 

Esse modelo é muito utilizado por casais que querem ter uma emoção a mais a dois. Isso porque com esse vibradores é possível controlar as vibrações desse sex toy por meio de um aplicativo instalado no smartphone do parceiro ou parceira. Imagine sair por aí em um passeio ou uma festa com um desses? Vocês terão muito mais diversão!

 

  1. Vibrador de Choques 

 

Sim, isso mesmo, além das vibrações você pode contar com pequenos choques prazerosos em sua pepeca com esse vibrador!

 

  1. Vibrador Com Controle Externo 

 

Esse modelo é parecido com o de controle por aplicativo. Isso porque ele possui um controle remoto com ou sem fio. Desse modo, ele também pode ser usado para brincadeiras à distância com o seu parceiro ou parceira.

 

  1. Vibradores Rotativos 

 

Esses vibradores além de terem a função de vibrar, também podem girar a ponta, trazendo ainda mais sensações prazerosas. Nenhum pênis é capaz de fazer isso! 

 

  1. Vibradores de Pulsação 

 

Os vibradores de pulsação são os famosos sugadores de clitóris. Isso porque a maioria desses modelos não sugam como um aspirador, mas fornecem a sensação de pulsação. Por isso eles podem fazer você gozar bem rapidinho! 

Esses e outros modelos de vibradores e produtos eróticos podem ser encontrados na Gall Moda Íntima e Sex Shop, visite nossa loja on-line! 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade