Tamanho do pênis importa? Mitos e verdades!

É notório que o tamanho do pênis pode interferir e causar diversos problemas psicológicos aos homens, mas não necessariamente da maneira como se imagina.

Esse problemas acabam ocorrendo devido não ao tamanho em si do órgão, mas da imagem criada em relação ao membro e ao desempenho sexual que o tamanho pode ou não promover durante a relação sexual.

Em sua maioria, as queixas em relação ao tamanho do pênis não vem das parceiras, mas sim, deles mesmos: acima de tudo, eles têm desejo incessante de  possuir um membro  que chame atenção pelo volume. Mas as coisas não são bem assim, tanto em relação os desejos das mulheres quanto a relevância do tamanho durante o ato sexual em si.

Geralmente, o desejo de possuir um pênis grande e volumoso acaba sendo definido pelas comparações errôneas com outros pênis, principalmente àqueles vistos em filmes pornográficos.

Essa comparação, que pode vir até mesmo de pessoas próximas, como amigos e parentes, é prejudicial não somente para sua saúde sexual, mas também mental, ou até mesmo aos relacionamentos.

Muito associado a virilidade e a masculinidade, a fixação pelo tamanho  afeta diretamente a autoestima masculina, criando uma sensação de inferioridade e inadequação em muitos homens, levando-os a tratamentos desnecessários.

Frequentemente, o tamanho do membro de quem busca essas soluções é perfeitamente normal e adequado aos padrões. Contudo ainda assim, por conta fascinação, ou mesmo fixação pelo tamanho, o desempenho sexual acaba sendo insatisfatório para ambos os lados, causando ainda mais frustração.

Esse trauma quanto ao tamanho do pênis pode ser devastador para a vida adulta de muitos homens, e foi pensando nisso que a Gall separou informações indispensáveis para te ajudar a lidar com esse tabu. Venha conferir!

Não existe tamanho certo ou ideal para o pênis!

Desmistificando o Tamanho: A Verdade por Trás do Debate sobre o Pênis
Desmistificando o Tamanho: A Verdade por Trás do Debate sobre o Pênis

A discussão sobre o tamanho ideal do pêniso que vem sendo feita ha muitos anos. Quando realizada fora dos ambientes especializados, essa conversa acaba gerando  informações equivocadas, já que cada um reproduz (ou mesmo cria) ideias sobre o assunto sem nenhum estudo.

A verdade é que o tamanho ideal do pênis não existe: em sua forma e proporção, o pênis cumpre seu papel de dar e fornecer prazer com muita eficiência, não importando se é maior ou menor que esse ou aquele outro pênis. O desempenho, a vontade e a confiança contam muito mais do qualquer coisa.

Pensando biologicamente, o pênis atinge seu status definitivo por volta dos 16 anos de idade – alcançando entre 11 cm e 16 cm sendo 14 cm a média de comprimento mais comum. Isso considerando o pênis rígido. Caso esteja em repouso, a medida não tem importância já que apenas ereto que ele exerce sua função sexual efetivamente.

As medidas podem ultrapassar a média padrão, para mais ou para menos. Isso, no entanto, não é garantia alguma de melhora no desempenho sexual, principalmente se o foco for o prazer feminino, já que a cavidade vaginal tem, em média, uma profundidade entre 09 a 12 cm. Ou seja: um membro maior pode causar desconforto e dor na parceira.

Assim como qualquer outro membro do corpo, sejam os pés ou as mãos, o tamanho do pênis é uma herança genética, e caso não exista nenhuma disfunção genética, pouca coisa pode ser feita para modificar, principalmente se a motivação for puramente estética!

Entenda melhor sobre o que é micropênis

Além do Tamanho: Explorando Mitos e Realidades sobre o Pênis
o que é micropênis?Além do Tamanho: Explorando Mitos e Realidades sobre o Pênis

Ainda assim, você deve estar se perguntando: “Mas e os homens com micropênis?’. Bom, essa sim é uma condição que pode afetar o homem não somente o psicologico, mas também suas relações pessoais.

Apesar de ser pouco comum entre a população mundial, a condição afeta 1 a cada 200 pênis. O comprimento base de um micropênis é cerca de 8 cm (ereto), sem afetar o tamanho dos testículos ou o funcionamento peniano em si.

Ainda que o micropênis não seja efetivamente um problema de saúde,  pode gerar problemas relacionados ao desenvolvimento sexual, especialmente durante a adolescência. Para muitos homens e meninos, a situação pode causar problemas psicológicos graves.

Em alguns casos, sejam eles de infertilidade ou constrangimento, muitos homens se submetem a tratamentos cirúrgicos e hormonais para tentar aumentar o tamanho do pênis. Quanto a cirurgia em si, o tratamento é recomendado para casos específicos, como amputações penianas parciais devido a  câncer e micropênis.

De qualquer maneira, todos os procedimentos são feitos e acompanhados por profissionais da área.

Próteses penianas aumentam o pênis?

O Debate sobre o Tamanho do Pênis: Separando Fatos de Ficção
O Debate sobre o Tamanho do Pênis: Separando Fatos de Ficção

Muitos urologistas recebem diariamente perguntas sobre aumento peniano e algumas delas são “As próteses penianas podem ajudar a aumentar o tamanho do membro?”. Bom, a resposta é simples e direta: Não!

Essas próteses não são capazes de aumentar o membro, servindo exclusivamente para pacientes com problemas de ereção devido à má formação ou doenças como câncer de próstata, dando os pacientes a chance de ter uma relação sexual satisfatória.

Independentemente do tamanho do pênis, as bombas podem ajudar a recuperar a autoestima e confiança sexual dos usuários.

O modelo de prótese mais usado é a prótese inflável, que consiste em um cilindro inflável implantado na bolsa escrotal, permitindo que o controle da ereção pelo tempo desejado, sendo capaz de  retornar ao estado flácido a qualquer momento.

A prótese se mantem escondida dentro da pele, permitindo a mesma satisfação sexual de quem não apresenta disfunção erétil alguma.

Se você tem problema com o tamanho do pênis, antes de mais nada, consulte um profissional especialista: ele poderá esclarecer em detalhes suas duvidas.

Esperamos que esse texto tenha ajudado você a entender melhor sobre essa questão. Aproveite e leia também sobre nosso texto incrível sobre os tipos de pênis e como a diferença entre eles é normal e fique ligado em outros assuntos aqui no Blog da Gall!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade