Shibari: a arte da amarração japonesa

Entenda o que é o shibari: a arte da amarração japonesa! A Gall Moda Íntima e Sex Shop vai te mostrar o que é shibari e qual a diferença entre o shibari e o bondage, que é uma das modalidades dentro do BDSM que também usa a amarração.

Além do teor erótico do shibari, ele pode ser considerado também uma arte, por causa da estética que as cordas promovem com os diversos nós. Então vem saber mais sobre essa expressão artística e de submissão! 

O Que É Shibari?

Shibari em japonês significa amarrar ou ligar. Assim, essas técnicas de amarração levam esse nome porque nasceram no Japão. Então, o shibari foi inspirado no hojojutsu, que também é uma técnica de amarração que foi muito usada pelos samurais para imobilizar criminosos e até causar dor.

Porém, conforme o tempo foi passando, essas amarrações japonesas começaram a ser vistas pelo lado estético e erótico de submissão e dominação. Afinal, além de imobilizar, os nós poderiam ser também uma forma de expressão artística, além de estimular alguns pontos no corpo.

Assim, na década de 60, começaram a acontecer apresentações shibaris, geralmente com um homem amarrando uma mulher. No entanto, hoje existem diversas dominadoras que conduzem muito bem essa técnica.

Dessa forma, o shibari pode ser considerado uma modalidade dentro do BDSM. Isso porque além da imobilização, há alguns nozinhos que podem ser feitos em pontos estratégicos como clitóris, mamilos ou ânus para estimular essas regiões.

De qualquer forma, essa técnica precisa de duas pessoas para acontecer, onde uma deve se submeter à amarração e a outra deve aplicar as técnicas do shibari, dominando a pessoa.

Essa interação pode contar com personagens bem conhecidos do BDSM que são o top e o bottom, onde o top fica acima da outra pessoa e o bottom, claro, embaixo.

Qual A Diferença Entre Shibari E Bondage?

Para quem não sabe, BDSM é uma sigla para Bondage (amarração), Dominação e Disciplina, Submissão e Sadismo e Masoquismo. Então muitas dúvidas surgem porque tanto o shibari quanto o bondage se trata de amarração.

Assim, a diferença entre os dois está nas técnicas e acessórios usados para a imobilização da pessoa. No shibari é usado cordas e técnicas específicas de nós especiais de diversos tipos. Já no bondage, são utilizadas diversas outras técnicas e acessórios para a imobilização, não somente cordas.

Dessa forma, no bondage a imobilização pode ser feita com outros acessórios como algemas, lenços, separador de pernas ou braços e também cordas. Há até quem use plástico filme nos jogos sexuais para algum tipo de imobilização dentro do BDSM.

Além disso, o shibari é uma técnica mais praticada no oriente, enquanto que o bondage é mais praticado no ocidente.

Como Praticar O Shibari?

Explorando a Arte Sensual: Shibari - A Beleza da Amarração Japonesa
Explorando a Arte Sensual: Shibari – A Beleza da Amarração Japonesa

Antes mesmo de providenciar qualquer corda, os praticantes da arte shibari têm sempre à mão uma tesoura por segurança. Isso porque em qualquer situação de emergência, é possível cortar as cordas de forma ágil. A tesoura mais usada nesses casos é a de ponta romba.

Assim, depois de garantir uma tesoura boa, é hora de escolher as cordas. Na Gall Moda Íntima e Sex Shop é possível contar com alguns tipos de cordas para shibari, inclusive com algumas cores bem fora do convencional para uma corda como roxa, vermelha e preta.

Porém, os artistas shibari podem usar outros tipos de cordas sem problemas, porque eles já são treinados para isso! Assim, eles indicam também cordas de fibras naturais como juta, algodão, bambu, coco, entre outras.

Além dos materiais para praticar o shibari, é preciso considerar que ele é uma atividade física que pode exigir muito do nosso organismo.

Por isso, o ideal é que as pessoas envolvidas estejam bem alimentadas e hidratadas. Assim, deve-se ingerir comidas leves e beber um pouco de água antes da prática. Essas medidas evitam a queda de pressão, desmaios, tonturas e outros transtornos.

Finalmente, as técnicas de amarração necessitam de uma espessura certa da corda para que os nós consigam realmente prender a pessoa. Além disso, como toda prática BDSM, é preciso combinar antes o que é permitido ou não. 

Isso porque algumas técnicas de amarração podem envolver dor e desconforto, que precisam ser levadas em conta pelo (a) submisso (a) e dominador (a). Porém, muitas pessoas se excitam nessa condição, basta o artista shibari estar ciente se pode continuar ou não com a prática.

Finalmente, é muito aconselhado que você busque informações com um especialista da área shibari para garantir a segurança da outra pessoa. Isso porque, segundo os especialistas, os tutoriais da internet não focam muito em segurança. 

Como Praticar O Bondage?

O bondage é um pouco mais fácil de ser praticado porque não necessita de conhecimento de cordas e amarrações. Afinal, é possível imobilizar uma pessoa de diversas outras maneiras.

Assim, existem em nosso sex shop on-line da Gall alguns kits fetiche ou kit bondage que te ajudam nessa missão. Entre eles estão:

  • Kit Bondage La Pimienta
  • Kit Fetiche 3 em 1 La Pimienta
  • Kit Sado Black Pau Brasil
  • Kit Bracelete Bondagem Com Mordaça Bola Dominatrixxx
  • Kit Bondage Em Pelúcia Dominatrixxx
  • Kit Chicotinho E Algema Simples Dominatrixxx
  • Kit Prisioneira 2 Dominatrixxx
  • Kit Coleira E Tornozeleiras Com Corrente Dominatrixxx

Além dos kits, é possível contar também com os acessórios de amarração de forma separada! Confira então algumas opções para a imobilização:

  1. Corda 

A corda é a forma mais clássica de imobilização e serve tanto para o bondage quanto para o shibari. Então ela é um ótimo investimento.

  1. Algemas 

As algemas são a forma mais fácil de prender as mãos da pessoa. Assim, você pode imobilizar de uma forma bem significativa alguém. Afinal, as mãos são essenciais para diversas tarefas.

  1. Tornozeleira 

Os tornozelos também podem ser imobilizados para que o dominador crie um clima de controle ainda maior.

  1. Separador 

O separador de pernas além de imobilizar, deixa as pernas bem abertas para que o (a) dominador (a) possa “trabalhar” por ali sem interferências! Ele pode ser usado também nos braços.

A corda para a arte shibari e todos esses produtos BDSM você pode encontrar na Gall Moda Íntima e Sex Shop, visite nossa loja on-line.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade