Podolatria: o que é o fetiche por pés?

O tesão pelos pés pode ser chamado também de podolatria: o que é o fetiche por pés? Confira com a Gall Moda Íntima e Sex Shop sobre essa atração sexual cada vez mais comum!

Assim, esse tema pode ser um tabu para muitas pessoas, porém a podolatria está cada vez mais sendo encarada de forma natural pelas pessoas. Inclusive, cada vez mais as pessoas consomem material pornográfico com foco nos pés. 

Por isso, muita gente interessada em ganhar dinheiro, começou a vender “pack dos pés” pela internet, que nada mais é que um conjunto de fotos dos pés.

Até para quem não tem fetiche pelos pés, já se sentiu atraído por aquela cena clássica em filmes, quando o pé fica passeando pelas pernas de outra pessoa por debaixo da mesa para provocá-la. Dá até vontade de tentar o mesmo, né?

Então vem saber mais sobre esse fetiche pelos pés. 

O Que É Podolatria?

A podolatria é o fetiche pelos pés. Dessa forma, os pés exercem uma excitação sexual que estimula a libido.

É mais comum isso acontecer com homens que sentem atração pelos pés femininos. Segundo o psicólogo Justin Lehmiller, 80% dos casos de podolatria acontecem com homens atraídos pelos pés das parceiras. 

Essa atração pelos pés pode ser comparada com o mesmo tesão que se sente com outras partes do corpo como bumbum e seios, mais comum de acontecer.

Por isso a atração pelos pés é totalmente válida, assim como por qualquer outra parte do corpo. E eles devem sim ser explorados sexualmente sem nenhum problema.

Nesse sentido, muitas pessoas associam a podolatria com o conto da Cinderela, em que o príncipe fica fascinado com o sapatinho de cristal perdido e não sossega enquanto não acha o pé da sua amada! 

O Que É Fetiche?

A podolatria pode se encaixar em uma situação de fetiche pelos pés. O fetiche é a atração por algum objeto, comportamento ou parte do corpo (nesse caso os pés) que promove muita excitação sexual na pessoa.

Portanto, a diferença entre fantasia sexual e fetiche é que a fantasia sexual nada mais é que uma vontade de sair da rotina, ela fica mais no campo da imaginação. Já o fetiche é algo mais intenso, é a atração por algo, como foi dito acima.

Inclusive a palavra fetiche vem do francês “fetiche”, que significa feitiço. E é mais ou menos isso que acontece mesmo com a pessoa que possui um fetiche. O objeto de desejo ou a situação exerce uma espécie de encantamento na pessoa. 

Então, é isso que acontece com quem tem fetiche pelos pés. 

Assim, é normal ter fetiches, porque todos precisam se excitar para ter uma relação sexual. Porém, é óbvio que o fetiche não pode estar relacionado com nenhum crime e nem com nenhum tipo de abuso. Ele deve ser consensual e não ferir a lei! 

Por isso a atração pelos pés é algo bem inocente até e pode ser bem prazeroso tanto para quem sente atração por eles, quanto para quem recebe um carinho, massagem ou beijos nesse local.

Como Identificar Um Podólatra?

Muitas vezes nós ou os nossos parceiros ou parceiras temos fetiche por algo e nem desconfiamos… Por isso é bom seguir algumas pistas para identificar um podólatra e explorar mais essa região para aumentar o prazer de ambos! 

O primeiro sinal que um podólatra dá é o mais óbvio: ele ou ela gosta de ficar olhando para os pés, e no caso da atração pelo gênero feminino, essa pessoa gosta de ver fazendo a pintura da unha dos pés ou admira um pé bem cuidado e com enfeites.

Assim, o segundo ponto é quando a pessoa sente que sempre dirige um olhar para o calçado do gênero em que ela é atraída. Por isso alguns homens sentem até tesão por saltos altos e alguns possuem um fetiche por esse objeto também.

Então, desconfie também se a pessoa gosta de massagear, beijar, tocar de qualquer forma os seus pés. Assim como você também pode ter essa atitude e nem perceber.

Finalmente, se a pessoa não liga para o cheiro dos pés, inclusive gosta desse cheirinho e assim até cheira o pé, então é muito provável que se trata de um podólatra.

Quais Os Fetiches Por Pés Mais Comuns?

Adoração pelos Pés: Descubra o que é a Podolatria e o Fetiche por Pés
Adoração pelos Pés: Descubra o que é a Podolatria e o Fetiche por Pés

Ao ter atração pelos pés, geralmente essa pessoa quer interagir com eles, o que é normal se a outra pessoa topar, é claro! Dessa forma, listamos alguns dos fetiches mais comuns dos podólatras.

  1. Carícias Nos Pés 

Um bom podólatra adora receber carícias com os pés, assim como gosta também de beijar, lamber, chupar os dedos, morder ou massagear os pezinhos da parceira ou parceiro.

Essa prática é muito prazerosa para quem recebe esse carinho também, porque o pé, assim como todo nosso corpo, possui terminações nervosas que podem proporcionar prazer.

Inclusive a medicina chinesa possui a técnica de reflexologia podal, que é a massagem em locais específicos dos pés que promovem benefícios para o corpo todo.

  1. Masturbação Com Os Pés  

Esse é um clássico pedido por todo podólatra! Essa técnica consiste na parceira ou parceiro conseguir masturbar o outro com os pés. Essa modalidade sexual é chamada também de “footjob”, já que “foot” significa pé em inglês e “job” trabalho.

Apesar de soar estranho, a masturbação com os pés é relativamente comum em filmes pornôs e não é tão difícil de ser praticada.

Para isso você precisa estar deitada (o) na cama, enquanto o seu parceiro estará de pé na sua frente. Tente alcançar o pênis dele com os pés e vá tentando fazer os movimentos de vai e vem típicos dessa prática.

  1. Podolatria BDSM 

Indo para um lado mais submisso, alguns homens gostam de ser pisoteados, chutados, entre outras torturas com os pés. Essa prática BDSM não é comum a qualquer podólatra, mas pode acontecer.

E se você quer explorar outros fetiches e precisa de acessórios especiais para isso, você pode encontrar os seus produtos eróticos na Gall Moda Íntima e Sex Shop, visite nossa loja on-line e se surpreenda com os nossos preços!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade