Como fazer seu primeiro striptease

Dicas para você perder a vergonha de tirar a roupa

Como fazer seu primeiro striptease

Seja porque sua relação caiu na rotina ou porque você quer apenas experimentar coisas novas, um strip é sempre uma boa ideia. Afinal, que tipo de parceiro ou parceira não ia gostar de ver a pessoa amada se despindo de uma forma sensual para apimentar a relação? Nesse post, nós da Gall vamos te ensinar a fazer seu primeiro striptease e arrasar!

A palavra striptease vem da junção de “strip”, “retirar” em inglês; e “tease”, que vem de teasing, o ato de provocar. Ou seja, a brincadeira consiste em tirar a roupa de forma provocativa para atiçar quem quer que esteja te vendo, geralmente com um clima romântico e uma música gostosa.

Se você nunca fez um strip e tem curiosidade, mas ainda um pouco de receio: calma, a gente ajuda!

Livre-se da vergonha

O primeiro passo para fazer seu primeiro striptease é se preparar psicologicamente para ele. Se você nunca fez um strip antes, é normal pensar que seu parceiro vai achar graça, ou mesmo achar a iniciativa estranha, ou até não gostar da ideia e mandar você se vestir. Deixe esse pensamento pra lá! É normal sentir um pouco de insegurança diante de novas experiências, mas isso não deve te impedir de tentar. Seu parceiro não vai achar ruim, pelo contrário: a tomada de iniciativa é sempre muito bem-vinda em toda relação.

Prepare-se para o strip!

Não, infelizmente ninguém vira stripper profissional logo de primeira, então a melhor maneira de garantir que você vai arrasar é treinando! Pegue uma lingerie bacana e corra para a frente de um espelho.

Entenda seus ângulos, os movimentos que você gosta de fazer e que sente conforto, veja se consegue dançar num ritmo mais acalorado ou então mais calmo. Isso não só faz parte do strip como também da sua saúde sexual; é importante conhecer o que seu corpo pode fazer e o que você não gosta muito.

Escolha bem sua lingerie

O strip nada mais é do que escolher uma roupa bonita para então tirar ela, e por mais que às vezes a gente queira aquela lingerie mais elaborada, cheia de elásticos e detalhes, para um primeiro strip talvez seja melhor repensar e escolher algo que você já tenha costume de usar.

Não significa que deve ser uma lingerie velha que está aí no seu armário, não!

Significa apenas que você precisa ter desenvoltura para tirar aquela peça, ou seja, escolha algo que não vá te enrolar e que não seja muito complicado de tirar.

Evite peças com muitos fechos, porque além de atrapalhar o seu ritmo, elas podem não ser muito confortáveis e acabar te deixando numa posição constrangedora. Ao invés disso, invista em peças fáceis de tirar e que estejam na sua zona de conforto, pelo menos para esse primeiro strip.

Crie um clima

Que graça tem tirar a roupa sob uma luz comum e sem graça, né? Para fazer um strip perfeito, não pense apenas na lingerie e na dança, mas pense no contexto todo também.

Você vai fazer isso na sala ou no quarto?

Como esse lugar vai estar e de onde seu parceiro vai ficar te assistindo?

Você vai ficar de pé, em uma cadeira ou vai fazer o strip na cama mesmo?

Se o seu relacionamento estiver numa rotina meio chata e o striptease for para apimentar a relação, pense que o ambiente pode ajudar muito, tanto para você se sentir bem enquanto faz o striptease, quanto para quem está assistindo também. Lembre-se de que o lugar também afeta na forma como a roupa vai ser tirada: se você estiver sentada na cama, por exemplo, vai ser muito diferente do que se tentar tira

r a roupa estando de pé.

Vá com calma e sensualidade

Strip não é apenas tirar a roupa e pronto, certo? Você precisa saber provocar. E não tem nada mais provocativo do que incitar a paciência de quem está contigo, ver até onde a pessoa aguenta o tesão sem tocar em você. Tenha calma, tire as peças devagar, curta o momento e seu corpo. Ah, e se quiser escolher uma música bem gostosa para te ajudar, vai fundo! Procure por playlists de striptease com músicas sensuais e que tenham um ritmo constante, isso ajuda na concentração e na distribuição dos seus passos.

Observe!

Um striptease não é algo unilateral. É para ser experimentado em dupla (ou trio, ou mais…) e a experiência de quem está assistindo também deve ser incrível. Olhe sempre seu parceiro nos olhos, transmita seu desejo e de quebra descubra o que ele está achando. O strip é empoderador para quem está fazendo, mas não se esqueça de que não tem graça alguma fazer strip sozinho. Provoque, interaja, deixe a experiência ser tentadora e com gostinho de quero mais.

Não deixe de conversar

Ter ideias para apimentar o relacionamento é sempre algo muito bom, e por isso entra aqui o maior aliado da sua vida: o diálogo! Converse sobre o que você quer propor, mesmo que seja uma surpresa; tente sondar o que seu parceiro gosta, descubra se ele tem alguma curiosidade sobre algo que vocês ainda não tentaram. E principalmente, pergunte se ele gostou após cada experiência. Isso vale para o seu primeiro striptease, mas também para várias outras futuras brincadeiras.

Não deu certo? Respira e tenta de novo!

Se mesmo com todas as nossas dicas você não tiver conseguido o resultado que desejar, calma. Respira, um, dois, três! Mesmo nas situações em que nos preparamos mais, as coisas podem não dar certo e tudo bem, não é motivo para se desesperar. Você acabou se enrolando, a lingerie enroscou, a música parou? Tenta de novo! E tenha em mente que nem tudo deve ser levado tão à sério, a ideia de propor novidades no relacionamento também é se divertir e descobrir novos gostos em comum. Pode ter dado tudo errado, mas no mínimo vocês vão conseguir dar algumas risadas e isso também é uma vitória.

E aí, acha que consegue arrasar no seu primeiro strip? A gente aposta que sim! Para te ajudar ainda mais, que tal investir em uma lingerie ou conjunto sensual e deixar esse momento ainda mais romântico? Clicando aqui você encontra a seleção de lingeries eróticas da Gall.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade